segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Tema: Como melhorar o comportamento Cristão / Autoria: Professor Jean Carlos Th.D

Tema: Como melhorar o comportamento Cristão
Texto base: 1 Tess 4.1-12
Autoria: Professor Jean Carlos Th.D

I – Introdução geral ao estudo – o ‘campo’ envolve Três princípios gerais
           Comportamento na gesticulação;
           Comportamento na oralização e
           Comportamento nas vestimentas.

II – A Mensagem carrega dois fatores gerais
            Comportamento no andar horizontal – “como convém andar”;
             Comportamento no andar vertical – “como convém agradar a Deus”.

III – Comportamento do crente deverá ser de forma conveniente
"FINALMENTE, irmãos, vos rogamos e exortamos no Senhor Jesus, que assim como recebestes de nós, de que maneira convém andar e agradar a Deus, assim andai, para que possais progredir cada vez mais". (1 Tm 4.1 ACF)

                vos rogamos...Senhor Jesus”. Pedido de encorajamento
                  e exortamos no Senhor Jesus”. Pedido de encorajamento e consolo.

O QUE INDICA O TEXTO “de que maneira convém andar e agradar a Deus”?
              Comportamento adequado;
              Andar de forma quieta e sem ‘brigas’.

QUAIS OS ‘INGREDIENTES’ PARA “de que maneira convém andar e agradar a Deus”?

1 – V. 6: “"Ninguém oprima ou engane a seu irmão em negócio algum, porque o Senhor é vingador de todas estas coisas, como também, antes, vo-lo dissemos e testificamos". (1 Tm 4.6 ARC)”

A – ORPIMIR: Gr. ὑπερβαίνω Huperbainô. * Ir além de / * Ultrapassar os limites / * ‘arrancar o coro’ / * Aproveitar o máximo que puder.

B – ENGANAR: Gr. πλεονεκτέω pleonektéô * Querer mais / * ter mais do que é devido / * defraudar/ * receber suborno e propina.
FAZER LEITURA COM A IGREJA  - COLOSSENSES 3.8-17
C – NEGÓCIO ALGUM: Gr. πρᾶγμα pragma * Ato ou coisa / * assunto ou negócio / * nenhum tipo de processo.  

2 – V. 9: "Quanto, porém, à caridade fraternal, não necessitais de que vos escreva, visto que vós mesmos estais instruídos por Deus que vos ameis uns aos outros" (1 Tm 4.9 ARC)

3 – V. 11: "e a diligenciardes por viver tranquilamente, cuidar do que é vosso e trabalhar com as próprias mãos, como vos ordenamos"; (1 Tm 4.11 ARA)
A – QUEITOS: Gr. ἡσυχάζω Êssykhazô * Estar calmo / * Permanecer em silêncio / * não se meter em negócios dos outros.

B – NÃO SER PREGUIÇOSO:  * Tratar dos próprios negócios / * Trabalhar com as próprias mãos.

4 – V. 12: "de modo que vos porteis com dignidade para com os de fora e de nada venhais a precisar". (1 Tm 4.12 ARA)

Detalhes do texto:

V. 6: “Para os que estão dentro...”
V. 12: “Para os que estão fora...”

A – HONESTAMENTE: Gr. εὐσχημόνως Êuskhêmónôs * Decentemente / * Bem esquema amente / * Andar no esquadro.

Fazer leitura com a igreja – Romanos 13.12-14
Conclusão
a)    Não engane seu irmão;
b)   Ame seu irmão;
c)    Não seja preguiçoso e
d)   Ande honestamente



terça-feira, 18 de setembro de 2018

TEMA: ‘Acompanhando’ Jesus em um dia de Sábado - Autoria: Professor Jean Carlos Th.D

TEMA: ‘Acompanhando’ Jesus em um dia de Sábado
Textos: Marcos 1.21/29-31 /33/ 35-37
Autoria: Professor Jean Carlos Th.D

INTRODUÇÃO: Você já acompanhou alguém 24 hora?
• As 24 horas são detalhadas por Marcos e Lucas: 
• MARCOS DEDICA 17-18 VERSÍCULOS 1.21-39;
• LUCAS DEDICA 12-13 VERSÍCULOS 4.31-44

Síntese cronológica de ‘pano de fundo’
a)Jesus sai da Judeia e vai para Galileia e realiza o primeiro milagre em um casamento (Jo 2.1);
b)Depois de algum tempo é rejeitado em Nazaré (Lc 4.16);
c)Ele se estabelece em Cafarnaum

AS 24 HORAS COBRE UM DIA DE SÁBADO INTEIRO

I – O ENSINO DE JESUS NA SINAGOGA –
MARCOS 1.21-28
V. 21: “Sinagoga...”
a) Direção geral: corpo de anciões;
b) Liturgia geral: chefe da sinagoga;
c) Responsável pelo rolo: Assistente
d) Lado direito: púlpito para leitura;
e) “Altar” arca portátil: rolos da lei
V. 22: “Maravilham-se de sua doutrina...”.
Gr. Ekséplêssonto de ekplêssô e indica:
a)Ser espantado;
b)Ficar de boca aberta e
c)Fora de si

Por quê tal admiração? Não ensinava como os escribas
a)Eles não tinham S’mikhar (não eram ordenados a rabinos);
b)Não poderia trazer Khiddushin (novas interpretações não podiam);
c)Não poderia fazer o Possék Halakhá (novos julgamentos não podiam);

Por quê tal admiração? Não ensinava como os escribas
a)Jesus ensinava e pregava com autoridade;
b)Possuía S’mikhar, Khiddushin e Possék Halakhá;
c)Tudo vinha direto do Pai "Quem me rejeita e não recebe as minhas palavras tem quem o julgue; a própria palavra que tenho proferido, essa o julgará no último dia.
49 Porque eu não tenho falado por mim mesmo, mas o Pai, que me enviou, esse me tem prescrito o que dizer e o que anunciar. (Jo 12:48-49 ARA)"

Síntese sobre o ensino de Jesus x Escribas

a)Ele falava a verdade (Jo 18.37) "Então, lhe disse Pilatos: Logo, tu és rei? Respondeu Jesus: Tu dizes que sou rei. Eu para isso nasci e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz";
b)Escribas: Argumentação evasiva

c)Ele despertava a curiosidade do povo;
d)Escribas: Discurso como poeira.
e)Ele fala com autoridade vinda de Deus;
f)Escribas: fontes falíveis. 

Manifestações maligna na Sinagoga
a)Existem doenças meramente clínicas;
b)Outras são artimanhas malignas e
c)A atuação de demônios é real. 

•Marcos: Um espírito imundo...
•Lucas: espírito de um demônio...

1 – O qual exclamou... V. 23: Clamar alto – grito de enfermo;

2 – Que temos nós contigo? V. 24: 
•Já nos perturbar?
•Lá vem Ele nos perturbar.
•A frase traz uma distância à pessoa de quem se fala: veja o texto de João 2.4 "Mas Jesus lhe disse: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora".

3 – Jesus Nazareno v. 24: Uma referência a cidade de vivência de Jesus.

4 – Bem sei quem és: O Santo de Deus (V.24). Até os demônios reconhecem o senhorio, alguns crentes não; Conhecê-lo não significa fé nele (Tg 2.19).

5 – Jesus não procura ‘blá-clá-blá’ com demônios. Hoje os demônios até elogiam pregadores (At 16.17,18).

6 – Cala-te e sai dele: V.25: “Repreendeu...”
a)Repreendeu: Gr. Epitimaô: Censurar –Advertir
b)Cala-te: Gr. Phimoô: Silenciar – amordaçar (boi)
Questões de gramática: 
•Aoristo: Ponto final, obedeça;
•Imperativo: é uma ordem e
•Passivo: sofre a ação de silenciar.

O ÚLTIMO ‘ESPETÁCULO’ DO DEMONIO
a)Espírito imundo, agitando violentamente ARA
b)E o demônio, lançando por terra no meio do povo ARC Lucas 4.35

Exposições de outros termos gregos
a)Agitando-o: Gr. Sparassô: Saltar, pular dali para acolá: termo médico para convulsão. 

b)Chamando com grande voz: Gr. Fonéô: chamar alto, bradar com alta voz.

c)Saiu dele: Marcos 1.26: Saiu dele sem lhe fazer mal. 

II – A CURA DA SOGRA DE PEDRO – 12H00 –
MARCOS 1.29-31
a)“Estava deitada com febre...” (v. 30);

b)“Logo lhe falaram dela...” (v.30);

c)“Imediatamente...”. Gr. Euthys: de uma vez.

ATITUDES DE JESUS (v. 31)

a)“Aproximou-se dela;

b)Tomou-a pela mão;

c)Levantou-a e a

d)Febre o deixou-a e

e)Sevia-os

 III – A PREGAÇÃO NO CULTO AO AR LIVRE – 18H00 – MARCOS 1.32-34

a)Chegando a tarde... (18 horas);
b)“Enfermos e endemoninhados...” (v. 32);
c)“Toda cidade se ajuntou a porta...”;
d)Fez maravilhas e milagres (v. 33). 

IV – MOMENTO DA ORAÇÃO – MADRUGADA – MARCOS 1.35
a)“Orar num deserto...” (v. 35);
b)Pedro o procurou...
c)Queria Jesus ‘só pra eles’

Conclusão:
Acabamos de acompanhar Cristo em 24 de um sábado. Deus abençoe sua vida. 

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Cinco razões para não votar em Fernando Haddad - Autoria: Professor Jean Carlos Th.D


Cinco razões para não votar em Fernando Haddad
Autoria: Professor Jean Carlos Th.D



Primeira razão - Rejeição da população Paulista
O Sr. Fernando Haddad (A partir de agora citado como FH) recebeu dura rejeição da população paulista. Ele não ganhou nem de um 'novato' para prefeito de São Paulo. Doria venceu a disputa pela Prefeitura de São Paulo com 53,42% dos votos. O sr. FH não serve nem para prefeito de São Paulo servirá para ser presidente do Brasil?

Segunda razão - Briguela do PT (Partido das Trevas)
Minha segunda razão para não votar em FH é que o PT e um condenado em segundo grau quem comandaria o país. Este partido e este bandido daria as ordens ao [imaginário] Presidente.

Terceira razão – O candidato do “kit gay”
Minha terceira razão para não votar em FH é que apoia, concorda, incentiva a prática ‘Gay’ antibíblica, contra os valores da família e os valores judaico-cristãos. Já dizia alguém: “Kit gay preparado pela gestão de Fernando Haddad na educação foi o primeiro a propor “transgêneras” em banheiro feminino. Esse rapaz sempre dando boas ideias”. Por esta razão nunca votaria nele.

Quarta razão – Conluiado com o PT (Partido das Trevas)
Na minha opinião esta é a razão mais forte de não votar em FH. Gente, o PT é uma organização criminosa comandada por um idoso condenado em segundo grau. E o tesoureiro? Bandido! E o vice-tesoureiro? Bandido! Do PT, quem não está preso, está com uma ‘coleira’ no pé e/ou responde por corrupção.  

Quinta razão – A favor de ideologias diabólicas
Eu não voto no sr. FH. Ele é possuidor de ideologias contra a Bíblia Sagrada. Casamento Gay, Aborto, liberação das drogas. O tal discurso em favor dos “pobres” é tudo conversa fiada. Seus discursos sãos vestidos de ideologias malignas. Por isso não voto em FH.

Conclusão
Pessoal, o voto é livre. Cada um vota em quem quiser. O voto também é pessoal. Se você vai votar no sr. FH e está convicto não tem 'nenhum problema'. Você que não concorda com este texto, não tem nenhum problema. Você que tem opinião diferente, não tem problema. Continuaremos nos respeitando com ideias diferentes. 

Jamais votarei no sr. FH nem no presidiário de Curitiba. 


O que significa "e eis que Isaque estava brincando com Rebeca"? Autoria: Prof Jean Carlos Th.D

O que significa "e eis que Isaque estava brincando com Rebeca"? Texto de responsabilidade do Professor Jean Carlos Th.D &qu...

Matérias mais visitadas