domingo, 23 de abril de 2017

Lição 5 - Jacó, um exemplo de um caráter restaurado

Tema: CUIDADO COM SÍNDROME DE LABÃO
Texto base: Gn 24.23,24 / 29.9-11 / 31.53-55
Autoria: Professor  Jean Carlos Th.D


 INTRODUÇÃO GERAL
 Naor --- Avô de Abraão (Gn 11.25).

 
Pai de
Terá --- Pai de Abrão (Gn 11.27).

Abraão                         Naor                             Harã
Sara                               Milca                            ?
                                      Gn 22. 19,24
                                    

·       Irmãos
Betuel (esposa?)

-Labão/esposa?
-Rebeca/Isaque
Jacó e
12 filhos

INTRODUÇÃO GERAL DA VIDA DE LABÃO

Hb. Lavan: indica ‘branco’

    a)     A vida de Labão cobre: Gn 24 / 29-31
    b)    Entre os capítulos 24 a 29 temos intervalo de uns 70 anos.

Síntese geral sobre Isaque e Jacó
* Quando Jacó nasceu Isaque tinha 60 anos;
* Quando partiu para Harã tinha mais de 70;
 * Gn 31.41 diz que ele ficou 20 anos em Harã;
 * Retorna de Harã para Canaã com quase 100;
 * Ao todo viveu 147 anos;
 * Os cerca de 40 anos finais de sua vida (Gn 32-50) a Bíblia dedica as narrativas aos seus 12 filhos e a José.

Pano de fundo da pregação sobre Labão

a)    Fazer resumo geral de Gênesis 24;
b)   Fazer resumo geral de Gênesis 25-29;
c)    Fazer resumo geral de Gênesis 29-31


CUIDADO COM SÍNDROME DE LABÃO
1 – (Gn 24.30) ‘Se vender por ouro...’

* Gn 24. 10: O servo de Abraão levou 10 camelos e grande ‘fazenda’;
 * Já no poço, coloca um:
a) Pendente de ouro no nariz de Rebeca
Hebraico: Nezên Zahav Bêqah: Um arco de ouro de 6 gramas

b) Duas pulseiras de 100 gramas de ouro. Quando Rebeca chega em casa e Labão vê tudo aqui:

v. 30: “E aconteceu que, quando ele viu o pendente e as pulseiras...”

2 – (Gn 24.50-57) ‘É oportunista e aproveitador...’

* Quando o servo fez a exposição do que o pai do noivo tinha:

v. 50: “Do Senhor procedeu este negócio...”
O servo de Abraão então oferece presentes:

* V. 53: Tirou vasos de prata e vasos de ouro e vestidos e deu-os a Rebeca

* V. 53: deu coisas preciosas a Labão

* V. 55: Labão fez uma proposta para sua mãe:
“Fique aqui pelo menos 10 dias...”
Labão queria mais tempo para ‘sugar’ o máximo.

3 – (Gn 29.12-20) ‘Faz ‘esquemas’ duvidosos...’
Paralelos entre a chegada do Servo de Abraão x Jacó
* O servo chegou de camelo, Jacó, a pé;
 * O servo chegou com riqueza, Jacó, duro;
 * O servo veio com uma comitiva, Jacó, sozinho;
 * O servo era para ficar 10 dias e voltou imediatamente, Jacó, ficou 30 dias, depois, 20 anos.

- Jacó chega no poço e conversa com o pessoal;
_ Raquel e chega e encontra Jacó;
- Gn 29.12 – Raquel vai para casa conta a Labão o ocorrido

Como não se envolver em ‘esquemas’?
* Gn 24.11: O Servo fez até os camelos se ‘ajoelharem’;
                   Jacó, nem ao menos se ajoelhou.

* Gn 24.12: O servo orou ao Senhor;
                   Jacó, chegou batendo papo.

* Gn 29.4: O servo adorou ao entrar e ao sair;
                   Jacó, brigou ao entrar e ao sair. 

Conhecendo a ‘lábia’ de Labão
* Gn 29.13: “...Abraçou, beijou e levou para casa”
* Gn 29. 14: “És tu osso do meu osso...”
* Gn 29.15: “Ficou com ele um mês”. Ouvindo as propostas.
JACÓ TRABALHA 14 ANOS PARA LABÃO.

AS QUALIFICAÇÕES DAS FILHAS DE LABÃO

LEIA: Hb. Lêah “Olhos tenros...”
Hb. Rakot: De vários sentidos.

RAQUEL: Hb. Rakhêl. Haytah yêphat-toar Vyphat Mar’Éh
Lit. Formosa de corpo, formosa de vista

Quando Jacó viu Rebeca no poço pela primeira vez ficou encantado, alucinado por ela. A sua beleza era acima da média.

4 – (Gn 31) ‘Se incomodo com sucesso alheio’

   a)     Gn 31.1: Os filhos de Labão só agora ‘aparecem’, claro, com falsas afirmações e arrumando confusão; 
     b )    Gn 29.37-43: Jacó havia prosperado grandemente. A bíblia até cita a frase: “...Cresceu o varão...” (V.43);
     c)     Gn 31.2: “Viu Jacó...Rosto de Labão diferente...”;
      d)    Gn 31. 3: Deus fala com Jacó que é hora de partir

PARALELO SEPRADO POR 20 ANOS
* Gn 29.1: Jacó chegou a Harã pobre;
* Gn 31. 18: Jacó saiu com muitas riquezas.

* Gn 29.1: Jacó chegou sozinho
* Gn 31.17: Saiu muito acompanhado

* Gn 29.1: Jacó chegou a pé
*Gn 31.17: Jacó saiu de camelo

5 – (Gn 31.24) ‘Não intimidade com Deus’
* Gn 31.7-17 fala das pessoas que partem de Harão com Jacó
Jacó – 11 filhos – 1 filha e 4 mulheres. (Berjamin nasceu em Canaã 35.16).

* Gn 31.21: “...passou o rio...” (Eufrates). Como foi possível?

* Gn 31.23: A viajem que Jacó levou 10 dias, Labão fez em 7 dias.

* Gn 31.24: “Deus fala com Labão”. Não fale nada para Jacó.

6 – (Gn 31.30) Se preocupa mais com objetos do que com as pessoas. Hb. Teraphim. Significado incerto.

7 – (Gn 31.47)Não fala a mesma língua
Labão faz um concerto com Jacó, e no monte eles falam:

Labão: Yêgar Sahaduttá’: Aramaico: Monte do testemunho;

Jacó: Gal’êd: Hebraico: Monte do testemunho

Gn 31.55 Os dois se acertam e labão retorna para Harã e nunca mais é citado nas escrituras sagradas.

 CUIDADO COM SÍNDROME DE LABÃO

1 – (Gn 24.30) ‘Se vender por ouro...’

2 – (Gn 24.50-57) ‘É oportunista e aproveitador...’

3 – (Gn 29.12-20) ‘Faz ‘esquemas’ duvidosos...’

4 – (Gn 31) ‘Se incomodo com sucesso alheio’

5 – (Gn 31.24) ‘Não intimidade com Deus’

6 – (Gn 31.30) Se preocupa mais com objetos do que com as pessoas.

7 – (Gn 31.47) Não fala a mesma língua

sábado, 22 de abril de 2017

LIÇÃO 4 - ISAQUE, UM CARÁTER PACÍFICO

A vida de Isaque é coberta por Gênesis 21-27. O nome Isaac é uma transliteração do termo hebraico Yitskhāq que significa literalmente "Ele ri / vai rir.”. (Vê Gênesis 17. 19). Do seu nascimento
De acordo com o Talmude, Sara após o nascimento de Yitskhāq  amamentou um monte de crianças que duvidaram do milagre de Deus na vida do casal. 









Tema: Exposição das últimas horas de Jesus antes e depois da cruz Texto


Texto: Mateus 1.18-25 / Marcos 14. 40-42 / Lucas 23. 46-48 / João 19. 40-42

I – CRISTO PRÉ ENCARNADO
Gênesis 1.1: “No princípio criou Deus...”
Hb. ‘Êlôhyim: Plural de majestade: Deus

1º Concepção milagrosa – Lucas 1.27
Virgem desposada: Indica que estava compromissada, porém, sem contato sexual.

2º O propósito de José: Mateus 1.8
Maria desposada com José
- José era um homem justo;
- Não queria infamar: Gr. Expor ao ridículo

3º A declaração do anjo: Mateus 1.20
O anjo fala com José

FAZER UM RESUMO GERAL DO MINISTÉRIO DE JESUS NA TERRA. E CHEGAR DIRETO NA quinta-feira, ÚLTIMA SEMANA DE JESUS

QUINTA-FEIRA – TARDE E NOITE
1º Jesus no Getsemani: Lucas 22.39-46
·        O suor torna-se em sangue (v.44);
·        Jesus é traído com um beijo (v.53);
·        Jesus parte para os respectivos julgamentos.

RESUMO HISTÓRICO SOBRE O SUMO-SACERDOTE
1º Os sumo-sacerdotes deveriam virem da tribo de Levi. Eleazar Números 20.22-29

2º Sacerdotes foram de forma ‘completa’ até 586 a.C. (no evento da destruição de Jerusalém). Ficando uns 50 anos sem suas atividades

3º A partir de Herodes em 35 a.C. a nomeação passou a ser política

4º Anás fora colocado por Quirino/Síria em 7 d.C. e, porém, deposto em 14 d.C.

5º Mesmo Anás entrando posterior, Caifás entrando, continua influente


SEXTA-FEIRA – TARDE E NOITE
1º Julgamento religioso perante Anás: (João 18.12-23);
·        Anás interroga Jesus (v. 19);
·        Jesus queria uma prova sobre a reunião a noite;
·        Faça a leitura de João 18.22-24;
·        Ele amarra-o e manda-o a Caifás

2º Julgamento religioso perante Caifás: (Mateus 26.57); 
·        Sinédrio: coorte de julgamento no judaísmo;
·        A segunda reunião se dá em horário ilegal;
·        O sinédrio procura falsa testemunha;
·        A falsa testemunha distorce: comparar: Mateus 26.60,61 com João 2.19
·        Jesus é condenado pelo sinédrio

3º Julgamento político perante Pilatos: (João 18.28-40);
·        Jesus responde a Pilatos que é o Cristo

4º Julgamento político perante Herodes: (Lucas 23.1); 
·        Herodes esperava um milagre (v. 8);
·        Herodes faz pouco caso e manda de volta a Pilatos (Lucas 23.11);


5º Segundo Julgamento político perante Pilatos: (Mateus 27.11);
·        Os sacerdotes acusam Jesus (v.12);
·        A mulher de Pilatos conta o seu sonho da noite (v.19);
·        Pilatos ‘lava’ as mãos (v. 24);
·        Pìlatos solta Barrabás e manda crucificar Jesus (v. 26-28)

A CRUCIFICAÇÃO
A crucificação era uma execução humilhante;
- O prisioneiro deveria carregar a cruz (parte horizontal);
- O prisioneiro levava uma placa ao pescoço com o crime cometido;
- Logo Simão foi recrutado para ajudar (João 19. 31).

OS AÇOITES DE JESUS
a)     Mais de 100 golpes de azorrague: curto cabo de madeira com correias e presilhas de chumbo ou pedaços de ossos junto à peça;
b)    Era mantida as costas do prisioneiro nua;
c)     Sendo executadas por dois homens
d)    A coroa de espinhos;
e)     Pregaram na cruz

SEXTA-FEIRA – DAS 12 ÀS 15 HORAS
·        Houve trevas entre 12-15 horas: (Mateus 27.45)

As últimas palavras de Jesus na cruz
a)     João 19.28: “Tenho sede”;
b)    João 19.30: “Está consumado”. – Algo que resolvido – a dívida foi quitada – é o fim da questão – está tudo resolvido.
c)     Lucas 23.46: “Em tuas mãos entrego meu espírito”.

SEPULTAMENTO – APÓS AS 15 HORAS – MATEUS 27.57
a)     O sepultamento foi no modelo judaico;
b)    O sepultamento deveria ser antes do anoitecer;
c)     Era proibido sepultar no sábado;
d)    Eles ‘abriram’ mão do Sábado (Mateus 27.62);
e)     José de Arimateia pede autorização;
f)      Lê Lucas 23.53: “Tiram o corpo do madeiro”;
g)     Nicodemos estava lá com 34 quilos de perfume;
h)    Jesus é sepultado: Mateus 27.60

SÁBADO – VIGILÂNCIA DO TÚMULO – MATEUS 27. 62-66
a)     Os sacerdotes violaram o Sábado (Mateus 27.62);
b)    Chamaram Jesus de ‘enganador’ (v.63);
c)     Pediram que Pilatos fizesse segurança do túmulo (v. 64);
d)    Fora colocado uma guarda no túmulo e um lacre (v.66).


DOMINGO DA RESSURREIÇÃO – MATEUS 28. 1-10
a)     Descem dois anjos do céu (v. 1,2);
b)    Acontece um grande terremoto;
c)     A guarda presencia e sentem muito medo (v.4);
d)    A anúncio da ressurreição (v. 5)

A MENTIRA DOS JUDEUS – MATEUS 28. 11-15
Jesus ressuscitou!!! Lê para finalizar 1 Coríntios 15. 4-7, 13-15



Subsídio para adultos - Lição 6 - A Mordomia da Adoração

Lições Bíblicas CPAD Jovens e Adultos de  1º Trimestre de 2007 Título:  A Igreja e a sua missão Comentarista:  Elienai Cabral ...

Matérias mais visitadas